sao_rosas

Lá no alto da colina estremocense onde se perfila a Pousada, que já foi Castelo erigido por amor de Dom Dinis, reserva-se um local de repasto para prazeres intensos e demorados.

Nota prévia a demais apreciações, uma visita ao São Rosas requer estômago para lidar com quantidades e qualidades da farta e rica gastronomia alentejana. Comedores de corrida e demais depreciadores de comezainas deverão ficar ao largo, embora devam ficar a saber que há experiências que dificilmente se devem recusar.

A tradição do enchido, da caça, das migas e açordas povoa a ementa com uma oferta diversa. O tempo da selecção é longo. A vontade de experimentar um pouco de tudo cresce a cada linha desfiada naquela carta.

Para acamar e fazer gestão do esforço do que se ia apresentar mais à frente a contenda inicia-se com uma paleta de enchidos de tradicionais de porco preto. O porco preto traz a cada garfada o sabor dos montados e das planícies alentejanas. Também a entusiasmar o palato, dispunha-se Paté de Figado de Aves e pasta de chouriço. A pasta de chouriço, sendo uma estreia nas sensações, foi a primeira das agradáveis surpresas gustativas. Com estes sabores distintos e suculentos paladares a afagar o palato chega-se à grande escolha do que aí vinha. Lombinhos de Porco Preto com Migas de Bróculos e Costeletas de Borrego Assadas com Alecrim,  Batatinhas e Ervilhas Guisadas. Nos copos, um clássico da terra, Monte das Servas – Colheita Seleccionada.

Nenhum dos pratos desmereceu a fama das iguarias que por aqui se produzem. Carnes de excelência e guarnições elegantes e de fino sabor.

A encerrar a contenda: Pão-de-ló de Alfeizerão e Pudim de Água de Estremoz. O Pudim de Água ombreia de igual para igual com os melhores guardiões da doçaria conventual, Toucinho do Céu e Abade de Priscos, que o escriba já deleitou. Enfim, um grandioso ataque aos níveis de colesterol e triglicéridos que circulam pelo organismo, mas compensado com momentos épicos no afago do palato.

Serviço com a tradicional simpatia do povo alentejano mas elegante e discreto no trato. Espaço confortável e acolhedor.

Tudo isto tem um preço fora da norma, no entanto há experiências para as quais o preço deve ser considerado um pormenor. Esta é, sem dúvida, uma delas.

Nota final: Foi bastante díficil escrever esta pequena revisão ao São Rosas. Escrever sobre experiências de comidas e bebidas não é nada fácil. Não sei se me atrevo a outra…

   
Anúncios