Archive for Abril, 2009


“A Felicidade exige Valentia”

O Fim dos Tempos

Crises petrolíferas, terrorismo global, alterações climáticas, conjuntura económica problemática como não há memória e agora o resfriado dos suínos que parece disseminar-se a uma velocidade avassaladora pelo globo.
Parece que há um ciclo da história da humanidade que se quer fechar…

Descubra as diferenças…

Webadesivo_preto_playboy

“Skypada” a meio de tarde:
“Estou a morrer de sonho!…”

Eh pá… Gosto disto!

“Let’s make her welcome, Miss Lily Allen!”

Em cheio! Um “água-morna”.

Não venhas tarde!…

Uma das canções mais bonitas e ternurentas do fado português.
O marialva à moda antiga que trai a mulher, mas no fim de contas tem receio de ser “corno”.

““não venhas tarde!”,
Dizes-me tu com carinho,
Sem nunca fazer alarde
Do que me pedes, beixinho
“não venhas tarde!”,
E eu peço a deus que no fim
Teu coração ainda guarde
Um pouco de amor por mim.

Tu sabes bem
Que eu vou p’ra outra mulher,
Que ela me prende também,
Que eu só faço o que ela quer,
Tu estás sentindo
Que te minto e sou cobarde,
Mas sabes dizer, sorrindo,
“meu amor, não venhas tarde!”

“não venhas tarde!”,
Dizes-me sem azedume,
Quando o teu coração arde
Na fogueira do ciúme.
“não venhas tarde!”,
Dizes-me tu da janela,
E eu venho sempre mais tarde,
Porque não sei fugir dela

Tu sabes bem

Sem alegria,
Eu confesso, tenho medo,
Que tu me digas um dia,
“meu amor, não venhas cedo!”
Por ironia,
Pois nunca sei onde vais,
Que eu chegue cedo algum dia,
E seja tarde demais!”

Processso de Intenções

Dizem que vou fazer 30 anos para breve…

Em regresso a casa, a hora tardia, cruzo-me com portagens nos arrabaldes da grande cidade. À medida que a portagem se aproxima, começo a indagar-me de quem estará lá para cobrar a taxa. Esta objecção rapidamente encaminhou-me para outro pensamento, “e se fosse eu o portageiro”? Que pensamentos me ocorreriam quando visse mais uns médios lá ao longe a aproximar-se. Quem vem lá agora? E isto tudo na penumbra da noite, com trânsito escasso e esporádico.
Que angústias e expectativas se vivem no íntimo de um portageiro em funções de cobrança nocturnas?…

Horácio cozinhou Cous Cous.

prod_188491

Sugestionado por Libório, Horácio em deslocação a grande superfície comercial, adquiriu uma caixa de 500gr. de Cous Cous, marca Tipiak.
Horácio ficou satisfeito com a experiência de trazer um pouco de Magreb a um repasto num T3 em São Domingos de Benfica.
A globalização também vai chegando a estas bandas…